Jetstortopia

Túnel do Tempo: micros Scopus de 1972 a 1992

Posted on: 26/05/2012


É com muita alegria e imenso prazer que posto a segunda colaboração trazida ao blog: todo o material a seguir foi preparado pelo amigo Edu, profissional de TI e programador, que sabe o quanto aprecio história e tecnologia. Numa visita ao Museu da Scopus ele nos trouxe vídeos, imagens e informações sobre micros e terminais produzidos de 1972 a 1992, que mostram um importante pedaço da história da informática no Brasil. Numa época em que vivíamos sob ditadura, reserva de mercado, milagre e depois crise com hiperinflação, ele relata que:

… é interessante conhecer a origem da Scopus com o ‘Patinho Feio’, o primeiro computador brasileiro criado pelos mesmos professores da USP fundadores da empresa (em oposição ao campineiro ‘Cisne Branco’). Hoje a Scopus produz os ATMs do Bradesco bem como projetos conceituais dos sistemas do Banco.

Uma deliciosa viagem no tempo pelos primórdios da computação no país!

TVA 32 (1972)

Feita pela Edson, Célio e Joseph Engenheiros precedeu a fundação da Scopus.

Projetado para uso via linha telefônica (tinha um modem embutido, não tendo interface serial tipo RS232), era usado para acesso ao BOVESPA.

 

 

Protótipo TVA 80 (1975)

Fundação da empresa em 22 de Setembro

Foi usado para a conexão com a rede ARPA predecessora da Internet. 

 

 

 

 

TVA 80 (1976) – Terminal de vídeo de uso geral

Primeira versão comercial

Tela tubo catódico 12” fósforo branco

Teclado de 73 teclas composto de teclado numérico tipo calculadora e teclas de console

Interface: opera no código ASCII, transmissão assíncrona

 

TVA 1800 (1978)

Terminal de vídeo de uso geral

Alfanumérico controlado por microprocessador e compatível com equipamento Burroughs (atual UNISYS) , usando uma interface TDI

Tela de 12” contendo 24 linhas de 80 caracteres com uma linha adicional para mensagens internas do terminal.

Teclado de 88 teclas, operando por saturação de núcleo magnético, sem contato mecânico. 

 

TVA 800 (1977)

Primeiro terminal de vídeo inteligente da Scopus.

Aproveitando a nascente tecnologia de microprocessadores a Scopus desenvolveu um novo terminal de vídeo com uma característica inovadora, mesmo no mercado internacional: o uso de um microprocessador para controlar as complexas funções de comunicação com o sistema central. O TVA 800 era um modelo compatível com a Burroughs. 

 

 

AI 3287 (1980)

Adaptador de Impressora.

Permite a conexão de impressoras convencionais que possuam interface padrão centronics ao processador de comunicação PC3274-61C da Scopus às unidades de controle IBM 3274 ou 3276.

 

 

 

 

Sagita 180 (1979)

Terminal de vídeo alfanumérico controlado por microprocessador, compatível com computadores Burroughs.

Lançado com o objetivo de oferecer um produto compacto, de fácil manutenção, custos reduzidos e grande versatilidade, pois todos os módulos eletrônicos do terminal estavam acoplados em uma única placa de circuito impresso.

  

Microscopus – uC10 (1981)

Unidade central de processamento.

Primeiro equipamento da linha Microscopus que marca o ingresso da empresa no mercado de microcomputadores de uso geral.

Os equipamentos desta linha utilizam o microprocessador de 8 bits Intel 8085 funcionando a 5 Mhz e com 64 kb de memória principal.

 

Microscopus uC20 (1981)

Unidade de Diskete

Parte integrante do uC10 o uC20 é uma unidade de leitura e gravação de discos magnéticos flexíveis de 8” para gravação em densidade dupla ou simples.

Capacidade de cada diskete em densidade dupla 360 kb perfazendo um total da unidade de 1,44 Mb (o mesmo que um diskete de 3 ½”)

 

 

 

Microscopus uC200 (1982)

Configuração compacta da Microscopus com todos os componentes em um mesmo gabinete e de fácil operação.

Pode operar com duas opções de diskete 5 ¼” e 8”.

 

 

Micro Engenho I  (1982)

Computador pessoal de 8 bits da Scopus compatível com a linha Apple II.

Lançado no 1.o semestre de 1982.

Utilizava TV(s) comuns como monitor de vídeo.

Foi o primeiro computador pessoal compatível com o padrão de TV PAL-M.

Nexus 1600 (1983)

Microcomputador de 16 bits.

Primeiro microcomputador nacional, compatível com IBM-PC, o Nexus 1600 apresenta as seguintes características.

Microprocessador Intel 8088 (4,77 ou 8 Mhz)

64 Kbytes de memória EPROM

256 kbytes de memória RAM

2 interfaces de comunicação serial assíncrona e síncrona/ assíncrona, padrão RS-232C

5 conectores para placa de expansão

Não possuía +D

Spectrum ed (1985)

Microcomputador compatível com Apple II e

Equipamento compacto leve e fácil de ser transportado executa pacotes integrados exclusivos do Apple II e   programas gráficos de alta resolução.

Executa o sistema operacional SISPE, projetado pela Scopus e compatível com o sistema ProDOS, da Apple.

 

Micro Engenho II (1985)

Evolução do Micro Engenho I

O microengenho II tinha como opcional uma placa modem de 1200/75 bps que podia ser utilizada para acessar o videotexto da Telesp e a rede Cirandão.

Acompanhava também o software BASICOM. Este software integrado à linguagem BASIC do Micro Engenho, permitia a criação de um emulador de terminal com 2 linhas de programa em BASIC. Foi utilizado pela Bolsa de Valores do Rio de Janeiro para processador de tela e terminal.

TVA 3078 (1986)

Produto com uma série de inovações tecnológicas

Não possuía peças móveis (potenciômetros, etc..) aumentando consideravelmente a vida útil.

Os ajustes de brilho, contraste e volume dos altofalantes eram feitos pelo teclado.

O terminal era ligado e desligado pelo acionamento de uma tecla do teclado.

Não possuía ventilador. A mecânica foi projetada especialmente para que o fluxo de ar resfriasse automaticamente o equipamento.

Podia ser conectado à rede elétrica 110/220 V e utilizava fonte chaveada de alta eficiência.

Nexus 486 (1992)

Marca a transição da Scopus para a fabricação de computadores em regime de OEM.

HD 540 Mb

64 Mb de RAM

Video de 128 Kb

5 Respostas to "Túnel do Tempo: micros Scopus de 1972 a 1992"

Show ! Tenho um spectrum ed funcionando até hoje !

Curtir

Fantástico, ricgf! Isso é muito raro. Se quiser mande uma foto dele e posto na matéria aqui no blog. Obrigado pela vista, abs!

Curtir

tenho um scopus tva 2830. alguma informação sobre ele.manuais. diagramas.

Curtir

Puxa que raridade sonene! Se tiver tempo e conseguir escanear o material pode me mandar qdo quiser que dou um jeito de postar na matéria referente aos micros Scopus, c/ créditos em seu nome. Obrigado pela visita e grande abraço!

Curtir

tenho um scopus tva 2770 funcionando, se alguém tiver algum manual ou informação sobre o mesmo, eu agradeço.
josé roberto

Curtir

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Banner

Adicione nosso banner

Translate

Traducir - Übersetzen - Traduire - Tradurre - Přeložit - 翻訳する - μεταφράζω

Do quê você é fã?:

Insira seu endereço de email para assinar este blog e receber notificações de novos artigos por email

Junte-se a 422 outros seguidores

Enquete:

Tweets + recentes:

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.

Para ler quadrinhos no PC:

Considero o CDisplay a melhor opção no Windows 2000-XP-Vista-7

Para ler quadrinhos no Android:

O Perfect Viewer é o meu preferido dentre as várias opções no Android

Para ler quadrinhos no Mac:

O Sequential 2 é uma boa opção - testado no MacOS 10.6

Para ler quadrinhos no iPad:

Aguardando apenas a doação de um iPad para testar o Comic Zeal

Para ler quadrinhos no Linux:

No link acima há instruções de instalação e packages para diversos distros

Para ler quadrinhos no Windows Phone:

Não testado mas bem recomendado na app store

%d blogueiros gostam disto: