Jetstortopia

Documentário resgata lendários compositores japoneses das eras 8bit e 16bit

Posted on: 02/01/2015


diggin-in-the-carts

“O Japão é uma nação que influenciou o mundo de diversas maneiras seja pela culinária, pela tecnologia ou por sua contribuição à cultura pop, como nos videogames.

Para muito de nós a música dos videogames era muito mais ouvida em nossas casas enquanto crescíamos do que qualquer outra forma de música. E ainda assim para a maioria de nós os compositores responsáveis por essas melodias imortais permanecem na obscuridade.

O documentário visa trazer à luz os homens e mulheres que inspiraram uma geração inteira enquanto criavam possivelmente o maior produto musical de exportação do Japão.”

Assim começa “Diggin’ in The Carts” (‘Escavando/Curtindo os Cartuchos’, em tradução livre), inspirado documentário que pode ser assistido abaixo ou em seu site oficial – dirigido pelo neozelandês Nick Dwyer e destacado em artigo recente da Folha.

YM3438 FM discrete vs integrated

O chip Yamaha YM3438 – integrado na placa-mãe à D – era o responsável pelas incríveis músicas dos jogos do Sega Megadrive [fotos por MaxWar do forum Sega-16.com – clique na imagem para mais info]

O filme presta uma mais do que justa homenagem aos músicos e compositores pioneiros da indústria dos videogames numa época em que era necessário programar diretamente nos chips, cujas limitações e especificações acabaram por criar um gênero único – o chiptune – altamente influente na cena da música eletrônica contemporânea.

Yuzo Koshiro - SOR1

Yuzo Koshiro compôs a inesquecível abertura de Streets of Rage 1 inspirado no som das danceterias dos 90s [clique na imagem para ouvir]

Conheça os mestres por trás de trilhas sonoras icônicas tais como as de Outrun (1986, Hiroshi Kawagushi)Final Fantasy (1987, Nobuo Uematsu) e Streets of Rage (1991, Yuzo Koshiro) e suas mais incríveis e variadas influências que vão do reggae de Sly Dunbar ao progressivo do Deep Purple, passando pelo rock gótico e de arena – e delicie-se com os chiptunes que embalaram os anos 80 e 90 como nunca mais desde então!

1 Response to "Documentário resgata lendários compositores japoneses das eras 8bit e 16bit"

[…] da trilha sonora que imita o estilo tecno/chiptune característico, Saints of Rage se inicia com uma tela que faz referência direta aos arcades dos […]

Curtir

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Banner

Adicione nosso banner

Translate

Traducir - Übersetzen - Traduire - Tradurre - Přeložit - 翻訳する - μεταφράζω

Do quê você é fã?:

Insira seu endereço de email para assinar este blog e receber notificações de novos artigos por email

Junte-se a 420 outros seguidores

Enquete:

Tweets + recentes:

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.

Para ler quadrinhos no PC:

Considero o CDisplay a melhor opção no Windows 2000-XP-Vista-7

Para ler quadrinhos no Android:

O Perfect Viewer é o meu preferido dentre as várias opções no Android

Para ler quadrinhos no Mac:

O Sequential 2 é uma boa opção - testado no MacOS 10.6

Para ler quadrinhos no iPad:

Aguardando apenas a doação de um iPad para testar o Comic Zeal

Para ler quadrinhos no Linux:

No link acima há instruções de instalação e packages para diversos distros

Para ler quadrinhos no Windows Phone:

Não testado mas bem recomendado na app store

%d blogueiros gostam disto: