Jetstortopia

Posts Tagged ‘90s


Fleer_Skybox_logoA partir de 1990 a Marvel apostou alto no ramo de cards colecionáveis publicando seus personagens em várias séries de alta qualidade, através do selo Fleer/Skybox.

Segue abaixo a primeira parte dos scans de cards do Homem de Ferro com material produzido por artistas do porte de George Perez, Kevin Hopgood e Pat Oliffe dentre outros, publicados entre 1994 e 1996 quando sua popularidade estava em alta devido à promoção da Marvel Action Hourseguimento televisivo que levou ao ar por duas temporadas novos desenhos animados do personagem em conjunto com o Quarteto Fantástico.

*****

Iron Man 90s cards 01fwIron Man 90s cards 01tw

Iron Man @ Freeze Frames #8, 1994 – arte por Pat Olliffe

*****

Iron Man 90s cards 02fwIron Man 90s cards 02tw

Iron Man @ Marvel Cards Super Heroes #161, 1994 – arte por George Perez

*****

Iron Man 90s cards 03fwIron Man 90s cards 03tw

Iron Man Crash & Burn #80, 1994 – arte por Kevin Hopgood

*****

Iron Man 90s cards 04fwIron Man 90s cards 04tw

Iron Man Crash & Burn #75, 1994 – arte por Kevin Hopgood

*****

Iron Man 90s cards 05fwIron Man 90s cards 05tw

War Machine @ Marvel Cards Super Heroes #164, 1994 – arte por Gabriel Gecko & Mike McKenna

*****

Iron Man 90s cards 06fwIron Man 90s cards 06tw

War Machine @ Marvel Masterpieces #133, 1994 – arte por Tim & Greg Hildebrandt

*****


Sega Digitizer System

Através de pesquisa em antigas revistas dedicadas aos videogames (Beep! de  abril de 1985, Arcades 7 de abril de 1988, Mega Force 4 de  janeiro de 1992), o blog Video Games Densetsu detalhou os hardwares utilizados pelos artistas da Sega que davam suporte à criação da pixel art desenvolvida para três gerações de consoles nos 80s e 90s – SG-1000, Master System e Mega Drive (além da placa arcade System-16, na qual o último fora baseado).

Sega SG-1000 - Master System - Mega Drive

O hardware utilizado era chamado Sega Digitizer System – tendo havido três versões do mesmo – o qual era acoplado à um NEC-98 PC que posssuia um HD capaz de armazenar os arquivos, os quais eram criados desenhando-se cada frame diretamente na tela, ponto a ponto. Detalhes do processo podem ser vistos nas imagens abaixo, para os games Pitfall II (Arcade/System 1, 1985), Fantasy Zone (Arcade/System 16, 1986) Golden Axe II (Mega Drive, 1992):

Pitfall II 02NEC-98Sega Digitizer System 01Golden Axe II 02Golden Axe II 01Golden Axe II 03


Exposição Sailor Moon 01

Matéria no Kotaku destaca que começa amanhã e segue até junho próximo uma exposição na Mori Tower em Roppongi Hills, Tóquio,  dedicada ao universo de  Sailor Moon – famoso mangá estilo bishoujo de Naoko Takeuchi publicado originalmente no Japão de 1992 a 1997 e transformado em anime de sucesso a partir de 1993 com várias temporadas, a primeira tendo ido ao ar no Brasil pela extinta TV Manchete em 1996 na sua nostálgica grade de séries japonesas e animes.

Exposição Sailor Moon 02Exposição Sailor Moon 03Exposição Sailor Moon 04Exposição Sailor Moon 05Exposição Sailor Moon 06Exposição Sailor Moon 07

Anexo à exibição haverá ainda uma lanchonete que servirá bebidas e pratos inspirados no design da série:

Exposição Sailor Moon 08Exposição Sailor Moon 09Exposição Sailor Moon 10Exposição Sailor Moon 11


Dance eJay (1997) interface

Quem curtia música, tinha um PC e uma conexão discada no final dos anos 90 lembra muito bem das inúmeras madrugadas dedicadas à baixar MP3s no Napster, formato e programa que mudaram desde então a indústria musical de maneira definitiva – obrigada a se render posteriormente ao download digital, e mais recentemente ao streaming.

DJJetstor - RaveRaiders (2000) coverNa época a eurodance dominava boa parte do que se ouvia nas rádios e nas pistas das danceterias, e na esteira do gênero um programa lançado em 1997 permitia criar no PC música eletrônica em 8 pistas de audio baseadas no enorme banco de dados de samples que ele disponibilizava – era a primeira versão do Dance eJay, que existe até hoje.

Não era necessário nenhum conhecimento avançado de informática e tampouco musical formal para utilizar o software e sair criando músicas no estilo EDM, já que o processo era lúdico e intuitivo – bastava intuição musical e vontade de experimentar. A faixa abaixo foi criada na época com o programa e o vídeo gerado pelo plug-in de visualização MilkDrop para Winamp, sucessor do Geiss utilizado na época – uma celebração à liberdade de criação digital:


Windows 93 logo

Se você foi usuário do Windows 95 nos 90s sabe o quanto ele foi revolucionário e ao mesmo tempo instável: Menu Iniciar, DirectX e ausência de DOS no boot eram algumas das características positivas que vinham acompanhadas de travamentos, telas azuis e conflitos de hardware mais frequentes do que o prometido.

Clique na imagem para inicializar o Windows 93

Clique na imagem para inicializar o Windows 93

Pois alguns meses atrás uma dupla de webdesigners e artistas franceses – Jankenpopp e Zombectro – resolveu recriar essa experiência em grande estilo: a web interface Windows 93 está finalizada e pode ser experimentada no próprio navegador de sua preferência. Porém como adverte Adam Clarck Estes do Gizmodo, esta não é bem a experiência Windows da qual nos lembramos: 

O Windows 93 é uma maravilhosa e bizarra experiência na forma de uma paródia do Windows 95 – um sonho pirado em technicolor, repleto de piadas e memes.

Completo com suas próprias versões (dis)funcionais de Solitaire, MS Paint e até mesmo Wolfeinstein 3D, o Windows 93 é um projeto de design a um só tempo tempo maluco, nostálgico, divertido e crítico da natureza da interface de usuário que utilizávamos então.

Interface Windows 93 com aplicativos abertos

 


diggin-in-the-carts

“O Japão é uma nação que influenciou o mundo de diversas maneiras seja pela culinária, pela tecnologia ou por sua contribuição à cultura pop, como nos videogames.

Para muito de nós a música dos videogames era muito mais ouvida em nossas casas enquanto crescíamos do que qualquer outra forma de música. E ainda assim para a maioria de nós os compositores responsáveis por essas melodias imortais permanecem na obscuridade.

O documentário visa trazer à luz os homens e mulheres que inspiraram uma geração inteira enquanto criavam possivelmente o maior produto musical de exportação do Japão.”

Assim começa “Diggin’ in The Carts” (‘Escavando/Curtindo os Cartuchos’, em tradução livre), inspirado documentário que pode ser assistido abaixo ou em seu site oficial – dirigido pelo neozelandês Nick Dwyer e destacado em artigo recente da Folha.

YM3438 FM discrete vs integrated

O chip Yamaha YM3438 – integrado na placa-mãe à D – era o responsável pelas incríveis músicas dos jogos do Sega Megadrive [fotos por MaxWar do forum Sega-16.com – clique na imagem para mais info]

O filme presta uma mais do que justa homenagem aos músicos e compositores pioneiros da indústria dos videogames numa época em que era necessário programar diretamente nos chips, cujas limitações e especificações acabaram por criar um gênero único – o chiptune – altamente influente na cena da música eletrônica contemporânea.

Yuzo Koshiro - SOR1

Yuzo Koshiro compôs a inesquecível abertura de Streets of Rage 1 inspirado no som das danceterias dos 90s [clique na imagem para ouvir]

Conheça os mestres por trás de trilhas sonoras icônicas tais como as de Outrun (1986, Hiroshi Kawagushi)Final Fantasy (1987, Nobuo Uematsu) e Streets of Rage (1991, Yuzo Koshiro) e suas mais incríveis e variadas influências que vão do reggae de Sly Dunbar ao progressivo do Deep Purple, passando pelo rock gótico e de arena – e delicie-se com os chiptunes que embalaram os anos 80 e 90 como nunca mais desde então!


Iron Man Marvel Action Hour ToyBiz Logo

Esta é a segunda e derradeira postagem dedicada às action figures do Homem de Ferro por mim reunidas ao longo dos anos. Na matéria anterior foram apresentados alguns bonecos das séries dedicadas à Marvel Action Hour lançadas na década de 90, adquiridas na saudosa Merlin Comic Store no começo dos anos 2000.

Com a inestimável ajuda fotográfica do meu amigo Daniel, seguem abaixo as imagens das primeiras action figures originais e algumas piratas – que consegui em 1995-96 enquanto os desenhos animados ainda eram transmitidos nas manhãs de sábado no canal à cabo FOX – além dos toys mais recentes dedicados aos filmes e séries variadas lançadas pela Marvel ao longo da última década.

*****

Iron Man Action Hour

Iron Man Inferno Armor

Iron Man Inferno Armor

Iron Man Subterranean Armor

Iron Man Subterranean Armor

 

Iron Man w/ Plasma Cannon Missile Launcher

Iron Man with Plasma Cannon Missile Launcher

Iron Man Samurai Armor

Iron Man Samurai Armor

Iron Man Space Armor

Iron Man Space Armor

*****

Movies

Iron Man 1

Iron Man 1

Iron Man 2

Iron Man 2

Iron Man Classic Armor

Iron Man Classic Armor

Iron Man Stealth Armor

Iron Man Stealth Armor

Iron Man Oversized Armor

Iron Man Oversized Armor

Iron Man Silver Centurion Armor

Iron Man Silver Centurion Armor

Iron Man Ultimate Armor

Iron Man Ultimate Armor

War Machine miniatura

War Machine miniatura

War Machine - James Rhodes

War Machine – James Rhodes

Iron Man Mark II Armor

Iron Man Mark IIArmor

Iron Man Mark III Armor

Iron Man Mark III Armor

Iron Man Power Assault Armor

Iron Man Power Assault Armor

Mark III miniatura

Mark III miniatura

Mark IV miniatura

Mark IV miniatura

Mark V Miniatura

Mark V miniatura

Iron Man 3

Iron Man 3

Iron Man Avengers

Iron Man Avengers

*****

Superhero Squad

Iron Man Superhero Squad Set 1

Iron Man Superhero Squad Set 1

Iron Man Superhero Squad Set 2

Iron Man Superhero Squad Set 2

*****

Miscelânea

Marvel Legends Iron Man Classic 60s/70s Armor

Marvel Legends Iron Man Classic 60s/70s Armor

Marvel Legends Tony Stark/Iron Man

Marvel Legends Tony Stark/Iron Man

 Marvel Universe War Machine

Marvel Universe War Machine

*****

Bônus Pirata

Iron Man Inferior Tech Armor

Iron Man Inferior Tech Armor

Iron Man Cheesy Kitsch Armor

Iron Man Cheesy Kitsch Armor

Iron Man Bad Mix Armor

Iron Man Bad Mix Armor

Iron Man Pajamas Party Armor

Iron Man Pajamas Party Armor

Iron Man Very Cheap Armor

Iron Man Very Cheap Armor


Banner

Adicione nosso banner

Translate

Traducir - 번역 - Übersetzen - Traduire - Tradurre - 翻訳する - Přeložit - μεταφράζω - 翻译

Do quê você é fã?:

Insira seu endereço de email para assinar este blog e receber notificações de novos artigos por email

Junte-se a 450 outros seguidores

Enquete:

Tweets + recentes:

Para ler quadrinhos no PC:

Considero o CDisplay a melhor opção no Windows 2000-XP-Vista-7

Para ler quadrinhos no Android:

O Perfect Viewer é o meu preferido dentre as várias opções no Android

Para ler quadrinhos no Mac:

O Sequential 2 é uma boa opção - testado no MacOS 10.6

Para ler quadrinhos no iPad:

Aguardando apenas a doação de um iPad para testar o Comic Zeal

Para ler quadrinhos no Linux:

No link acima há instruções de instalação e packages para diversos distros

Para ler quadrinhos no Windows Phone:

Não testado mas bem recomendado na app store

%d blogueiros gostam disto: