Jetstortopia

Posts Tagged ‘PS4


Controles por Controller Shop

O editor do Kotaku Mike Fahey chamou a atenção em recente matéria para controles de Xbox One e  PS4 cujos designs foram criados por ele e seu filho de 5 anos respectivamente, cuja qualidade e durabilidade ele atesta:

Design por Mike FaheyDesign por Seamus Fahey

A responsável por essa incrível capacidade de customização é a Controller Shop Inc, companhia sediada em Illinois, EUA, em cujo site é possível utilizar-se do editor de designs e solicitar um controle customizado de Xbox 360, Xbox One ou PS4 de acordo com a preferência, atendendo mesmo a encomendas internacionais – uma grande pedida para os gamers mais entusiasmados pela ideia da personalização de seus controles. Alguns exemplos abaixo e mais na galeria do site:

Xbos One controller - The Controller ShopXbox 360 controller - The Controller ShopPS4 controller (1) - The Controller ShopPS4 controller (2) - The Controller Shop


PS4 Dreamcast skin (1)

Se você quer deixar seu PS4 pronto para receber Shenmue 3 no ano que vem, aqui está a solução:

PS4 Dreamcast skin (2)

Segundo matéria no The Dreamcast Junkyard, apesar de skins para consoles ser algo antigo e bastante comum esta é a primeira para o PS4 inspirada no saudoso console da Sega – incluindo também os controles.

PS4 Dreamcast controller skin

Esta skin pode ser encontrada no eBay, além de vários outros modelos inspirados consoles antigos e franquias de games:

PS4 Gamecube skinPS4 NES skinPS4 SNES skinPS4 N64 skinPS4 Atari 2600 skinPS4 Star Wars R2D2 skin


No Man's Sky

A E3 – Electronic Entertainment Expo edição 2015 termina hoje como uma das melhores dos últimos anos em matéria de variedade e qualidade dos games anunciados, seja tratando-se de antigas franquias ou de novos lançamentos. Segue abaixo a seleção do blog dos 10 melhores jogos anunciados pelas três grandes do mercado de consoles.

*****

Forza Motorsport 6

Uma das melhores franquias de corrida atuais ganhará sua sexta versão em setembro, exclusivo para Xbox One – destaque para o belo e renovado Ford GT

*****

Rise of Tomb Raider

Mais um título exclusivo do console de nova geração da Microsoft – Lara Croft parece ainda mais bonita e realista no novo jogo da tradicional franquia

*****

Star Fox Zero

O querido shooter/jogo de combate aéreo terá uma nova versão exclusiva para WiU, prometendo renovar a série ainda neste ano

*****

Yoshi’s Woolly World

Sem dúvida um dos jogos mais graciosos da nova geração, outra exclusividade do WiiU

*****

The Last Guardian

Um dos jogos mais aguardados há anos desde que ICO encantou os gamers ainda no PS2 – exclusivo para PS4

*****

Horizon Zero Dawn

Uma nova franquia exclusiva do PS4, este RPG de ação inova ao opor humanos a “dinorobôs” em um cenário pós-apocalíptico

*****

Uncharted 4: A Thief’s End

Com um longo e divertido trailer e exclusivo para PS4, Drake e seus amigos prometem voltar com tudo no próximo ano

Final Fantasy VII

O mais querido game da famosa franquia de RPG da Square Enix ganhará finalmente um merecido remake, temporariamente exclusivo do PS4

*****

No Man’s Sky

Um gigantesco e incrível jogo de exploração e combate em mundo aberto, para PS4 e PC

*****

Shenmue 3

Finalizando – ao lado de Final Fantasy VII remake, indubitavelmente o anúncio mais aguardado e emocionante da conferência da Sony, para PS4 e PC


Shenmue 3 @ Sony E3 2015

Shenmue 3 é anunciado por Yu Suzuki na conferência da Sony na E3 2015

Finalmente a espera terminou – Shenmue 3 foi anunciado por seu criador Yu Suzuki esta noite na conferência da Sony na E3 2015 como um projeto no Kickstarter para PC e PS4, a ser lançado em 2017:

Os fiéis fãs da épica franquia de RPG, iniciada em 1999 no Dreamcast e cuja sequência teve seu lançamento derradeiro no Xbox original, não perderam a esperança e após 14 anos do último jogo lançado e mais de 3 anos da campanha #SaveShenmue no Twitter terão finalmente a chance de ver seu sonho realizado e a saga concluída, bastando que a campanha atinja seus objetivos até 17 de julho – pois a campanha já atingiu seu objetivo em menos de 24 horas de seu lançamento.

Shenmue 3 previewO blog apóia o projeto e torce para que um dos mais belos e influentes jogos de todos os tempos tenha a merecida chance de voltar a encantar velhas e novas gerações de gamers!


Xbox One vs PS4

Na corrida de gigantes dos consoles de última geração o Xbox One tem tomado um belo sufoco do atual líder PS4 neste primeiro ano de vida de ambos. Seja pela leve inferioridade gráfica, pelo maior preço enquanto ainda era vendido obrigatoriamente com o Kinect ou principalmente pelas vendas lideradas com folga pelo console da Sony –  nas quais tem estado apenas ligeiramente à Vendas globais de consoles - 2014frente do WiiU da Nintendo – o console da Microsoft tem tido dificuldades para provar sua superioridade no mercado.

 Mas se você mora numa zona de guerra ou sujeita a terremotos, tem filhos destruidores de aparelhos ou é um desastrado contumaz, ou ainda simplesmente quer o console mais robusto possível, sua opção sem dúvida será o X-One – capaz de sobreviver a sucessivas quedas sem o mínimo problema exceto alguns arranhões e danos na carcaça segundo matéria no CVG – como pôde comprovar o pessoal da Wired no surpreendente vídeo abaixo:


Kinect Wally

Onde está o Kinect? – por uscg-pa

A Microsoft mais uma vez reverteu sua política com relação ao seu console de última geração – o Xbox One, que apesar do lançamento simultâneo ao PS4 no ano passado e das boas vendas desde então, segue sempre inapelavelmente atrás de seu rival em volume total de consoles vendidos (5 milhões de Xbones contra 7 milhões de PS4s, até agora) e na preferência da maioria dos gamers.

Boa parte disso se deve obviamente ao preço – sendo US$100 mais caro que seu concorrente direto devido ao fato de ser vendido obrigatoriamente com seu remodelado sensor de voz e movimento, esse resultado parecia mesmo previsível – mas a Microsoft insistia que o Kinect era parte integral da experiência de interface e jogabilidade do novo console, sendo impossível que ambos fossem pensados separadamente. Até agora.

No KinectOne

Repercussão na imprensa especializada – clique para ler mais

Com o advento de uma nova liderança na divisão de jogos e o fato de que o aparelho não parece capaz de reagir nas vendas sem um substancial corte de preços, a propalada indissolubilidade entre o console e seu periférico foi devidamente mandada às favas. Bom para o mercado e bom para o consumidor – não aquele que já desembolsou uma grana para ter forçosamente ambos, obviamente.

Mas como ficam os estúdios que se dedicavam aos jogos para o sensor e que agora terão muito mais dificuldade em vendê-los devido à futura queda da base instalada – vide a Rare que já demitiu boa parte da equipe? E o próprio Kinect – como fazer para que não encalhe nas prateleiras e tenha seu apelo renovado junto ao consumidor?

Pois o site Kotaku propôs um concurso bem-humorado a seus leitores: qual a melhor forma de ajudar a Microsoft a vender seu sensor agora que ele se tornou um item opcional – como reposicioná-lo no mercado? As melhores e mais divertidas propostas seguem abaixo! E para a matéria original completa basta clicar aqui.

*****

Kinect Brick

Kinect Brick – por RoomB31

Kinect Maps

Kinect Maps – por Tinsweep

Kinect Jenga

Kinect Jenga – por Nellchan

Kinect Mars Explorer

Kinect Mars Explorer – por Tested Ninja

Kinect Zola

Kinect Zola – por Rutherford Q. Churchwalsh

Kinect Hindermburg

Kinect Hindermburg – por jedeye18

Kinect Four

E a proposta vencedora: Kinect Four – por sciteach


8a geração de consoles

Pode parecer contraditório, mas foi isso mesmo que eu fiz. É claro que adoraria botar as mãos num PS4 ou Xbox One novinhos no próprio dia do lançamento, mas isso se daria mais pelo apelo do marketing do que pela real razão de se ter um console – que é sua biblioteca de jogos.

Após um ano de seu lançamento é o console da Nintendo que apresenta as melhores opções exclusivas tais como os elogiados Pikmin 3, New Super Mario Bros. U e o recém lançado e elogiadíssimo Super Mario 3D World. Além disso, apesar do fraco suporte inicial das third-parties na verdade o Wii U conta com alguns dos títulos mais icônicos presentes em outras plataformas tais como Assassins Creed IV: Black FlagBatman: Arkham OriginsCall of Duty: Ghosts.

Títulos multiplataforma no WiiU

Sou um gamer bastante retrô e de fato minhas preferências não são tanto os FPS mais modernos ou alguns dos mais badalados jogos de ação atuais mas sim RPGs de ação, jogos de plataforma, puzzles e jogos de corrida. Daí que minha atenção foi atraída pelo remake de Legend of Zelda: Wind Waker HD e especialmente pelo exclusivo Sonic Lost World e foi por esses lançamentos que me decidi pelo console.

Posso afirmar que estou mais do que satisfeito jogando ambos – o primeiro o qual já havia me encantado na versão original para o Gamecube está mais lindo a agradável de jogar do que nunca nesta atual versão e o segundo porque sou fã do Sonic e Lost World é um jogo absolutamente delicioso e digno de figurar entre os melhores da franquia da Sega.

Zelda Wind Waker HD + Sonic Lost WorldAliás devo dizer que há uma aparente má vontade por parte da crítica especializada quanto aos jogos do porco-espinho azul mais veloz do mundo, em parte por conta de uma boa porção de jogos pós-Dreamcast pouco inspirados o que me parece não se justificar mais agora.

Tanto Sonic Colors para Wii quanto Sonic Generations para Xbox 360 e PS3 elevaram novamente o patamar da franquia nos últimos tempos e Sonic Lost World merece estar entre eles – fases inventivas e criativas, jogabilidade fluída e variada, trilha sonora marcante e belos gráficos fazem dele mais uma recomendação de alto nível aos amantes da série (veja aqui uma análise favorável e equilibrada do UOL Jogos).

*****

Além disso também não embarquei de cara nos novos aparelhos da Sony e da Microsoft pelas seguintes razões:

preços muito altos – nunca o custo Brasil pareceu pesar tanto. Um Xbox One mesmo produzido por aqui sai por R$2100 e o PS4 importado sai por absurdos R$4000 – o que me faz concordar com o Érico Borgo do Omelete quando ele diz que a Sony precisa vender muito PS3 para pagar o investimento na fábrica nacional – daí o posicionamento alto do preço do PS4. O Wii U nacional recém-lançado não é nada barato custando R$1900 mas ainda assim é o mais em conta dos três;

problemas iniciais de hardware – como todo nova tecnologia, só após ser posta á prova no mundo real é que se percebe o quanto estável e confiável ela de fato é – ou não é ainda – pois tanto no caso do PS4 quanto do Xbox One há inúmeros relatos de problemas que podem ser considerados graves já que impedem total ou parcialmente seu uso, como no caso da Luz Azul da Morte do primeiro e do Drive do Juízo Final do último, conforme se disseminaram os apelidos pela net – melhor esperar um pouco mais para não ser premiado.

E não para minha surpresa vejo que uma parte da imprensa dedicada aos games vem destacando exatamente isso em três artigos recém publicados recentemente. No primeiro deles (“Esqueça Xbox One e PS4 – a escolha inteligente para o Natal é o Wii U“) Rob Crossley escreve para o site CVG que:

Computer and Videogames“Sim, o Xbox One e o PS4 são sistemas em sua infância que eventualmente serão populados por jogos e aplicativos sensacionais, lindos e revolucionários. Mas no atual momento existem jogos melhores no 360 e no PS3 do que neles. Então quando me perguntam qual  novo console recomendo comprar, minha resposta é sempre o Wii U – está mais barato, é mais facilmente encontrado e mais importante: já tem uma excelente biblioteca de jogos.”

Já o site International Digital Times destaca em um artigo (“Wii U: Nintendo oferece uma forte linha de jogos enquanto o Xbox One e o PS4 oferecem quase nada“) e numa coluna (“PS4 vs Xbox One: quatro razões para comprar um Wii U ao invés de sistemas sem jogos“) de uma maneira até mais enfática que:

International Digital Times“Evite todo o nonsense do PS4 e Xbox One neste final de ano – nesta altura é o Wii U que apresenta a melhor linha de jogos e os melhores preços, além de ser um sistema estável. Novíssima geração? Espere até ela ficar de fato pronta. Além de ser mais barato, ter melhor biblioteca e seus jogos parecerem mais bonitos do que seus concorrentes, o Wii U tem se mostrado o hardware mais confiável, não apresentando nenhuma falha grave desde seu lançamento.”

 São argumentos bastante razoáveis e que acabaram por confirmar minhas suspeitas: Xbox One e PS4 prometem ser sistema incríveis que nos darão horas e horas de encantamento e diversão mas que ainda estão longe de entregar o que anunciam.

Por outro lado o desconsiderado Wii U merece um segundo olhar de qualquer gamer que se importe com o que mais interessa de fato – a qualidade dos seus jogos e o imenso prazer ao jogá-los.

Exclusivos Wii U

*****

Atualização 26/11/13não por coincidência mais uma boa e detalhada matéria por Rodrigo Guerra e Pablo Raphael (“5 razões para você adiar a compra de um PS4 e XBO“), refletindo sobre o tema e chegando a conclusões semelhantes, foi publicada hoje no UOL Jogos:

Uol jogos“Aproveite melhor seu Xbox 360 e PS3 [pois] o hardware pouco confiável, [o fato de estarem] ainda em desenvolvimento, os poucos jogos e o alto custo [indicam que] é melhor esperar um pouco mais e comprar sua máquina mais para o futuro, quando recursos realmente inovadores surgirem para as novas plataformas.”


Banner

Adicione nosso banner

Translate

Traducir - Übersetzen - Traduire - Tradurre - Přeložit - 翻訳する - μεταφράζω

Do quê você é fã?:

Insira seu endereço de email para assinar este blog e receber notificações de novos artigos por email

Junte-se a 446 outros seguidores

Enquete:

Para ler quadrinhos no PC:

Considero o CDisplay a melhor opção no Windows 2000-XP-Vista-7

Para ler quadrinhos no Android:

O Perfect Viewer é o meu preferido dentre as várias opções no Android

Para ler quadrinhos no Mac:

O Sequential 2 é uma boa opção - testado no MacOS 10.6

Para ler quadrinhos no iPad:

Aguardando apenas a doação de um iPad para testar o Comic Zeal

Para ler quadrinhos no Linux:

No link acima há instruções de instalação e packages para diversos distros

Para ler quadrinhos no Windows Phone:

Não testado mas bem recomendado na app store

%d blogueiros gostam disto: