Jetstortopia

Posts Tagged ‘Xbox


Conforme esperado ocorre uma verdadeira zona, de acordo com matéria no Kotakuimagens e sons sobrepostos das dashboards e telas iniciais de games dos três sistemas, com um certo predomínio do Xbox e do Gamecube sobre o PS2.

Não há uma descrição de como o usuário do Tumblr primebib conseguiu realizar essa proeza que cria uma experiência inútil do ponto de vista de jogabilidade porém divertida e um tanto desconfortável de se ver:


Com o relançamento de Shenmue I & II para as plataformas modernasPS4, Xbox One e PC – e a data de lançamento de Shenmue 3 recentemente definida para 27 de agosto do ano que vem, os fãs da consagrada franquia criada pelo mestre Yu Suzuki não poderiam estar mais felizes.

Lançado originalmente em 1999 para o Dreamcast, Shenmue I esteve por quase 20 anos restrito ao seu console original ou emulação, para os jogadores que quisessem experimentá-lo novamente ou pela primeira vez.Shenmue II teve seu lançamento para o Dreamcast em 2001 e para o Xbox original em 2002, este último contando com um DVD com um filme narrando a estória do primeiro jogo. 

Isso até que na histórica edição de 2015 da E3 o próprio criador da franquia subisse ao palco para anunciar, na conferência da Sony, que Shenmue 3 entraria em produção se o projeto no Kickstarter fosse bem sucedido – o que de fato ocorreu graças ao apoio maciço dos fãs da série. A alegria se completou quando, após uma campanha de mais de 3 anos nas redes sociais, a Sega anunciou o relançamento dos dois primeiros jogos – o que efetivamente ocorreu em agosto último.

Dos três exemplares vistos abaixo, o Shenmue I nacional publicado pela Tec Toy é de longe o item mais raro e cobiçado por colecionadores de todo o mundo – seja pela relativa raridade, pela capa levemente modificada ou pela exclusividade da versão brasileira.

*****

Tendo jogado Shenmue pela primeira vez em 2002, retornar à ele em 2018 traz intacta a mesma sensação de profunda imersão e encantamento que somente esta série é capaz de produzir – o espanto inicial de anos atrás substituido agora por uma sensação de calorosa familiaridade pelo incrível mundo em que se desenrola.

Shenmue é uma verdadeira obra-prima a qual, graças especialmente ao esforço dos fãs e à Sega, tanto antigos quanto novos jogadores tem novamente mais uma grande oportunidade de experienciar.


Quando o primeiro  Xbox foi lançado em 2001, vinha originalmente acompanhado de um controle infame e gigantesco apelidado de “Duke”, execrado pelos consumidores na época – especialmente no Japão, para o qual foi especificamente desenvolvido um controle menor e mais ergonômico denominado “controle S”, tendo este se tornado a partir de então o padrão em todo o mundo até o final do ciclo do console.

Ocorre que há quase dois anos atrás o criador do Xbox original, Seamus Blackley, descobriu através de um post no Twitter que o Duke era muito mais querido do que se pensava mesmo tantos anos depois, a ponto de considerar um relançamento do modelo para as plataformas modernas – o que definitivamente ocorreu este ano em parceria com a Hyperkin, com bastante sucesso e boa recepção da crítica.

O Hyperkin Duke tem exatamente o mesmo tamanho, formato e disposição de botões de seu predecessor, contando com pequenas modificações – não há mais a entrada superior para os cartões de memória originais e foram acrescentados os botões LB e RB com as mesmas funções dos controles modernos. É compatível com o Xbox One e PC (Windows 10) porém não é wireless, sendo conectado via USB em ambos os casos através de cabo de 2,7m fornecido – um diferencial é que o botão Xbox apresenta uma bela animação reproduzindo o boot do Xbox original cada vez que é acionado, como pode ser visto no video abaixo:


Screenshot_2018-06-10-17-06-15

O chefe da divisão Xbox da Microsoft Phil Spencer na E3 2018

As conferëncias pré-E3 2018 já estão rolando a todo vapor, sendo que ontem tivemos a apresentação de Eletronic Arts e hoje a da Microsoft cujos destaques foram promessas de streaming de jogos e novos hardwares no futuro, o fortalecimento de sua capacidade de criação de first-parties com a aquisição de cinco estúdios consagrados para a produção de novas franquias e a revelação de 50 novos jogos para a plataforma Xbox, 18 deles exclusivos e 15 estréias mundiais entre este ano e o próximo – dentre eles os aguardados Halo Infinite e Gears of War 5, Forza Horizon 4 agora com mudança dinâmica de estações e a estréia da franquia favorita dos fãs Kingdom Hearts na plataforma; mais destaques abaixo:

*****

Halo Infinite

*****

Ori and the Will of the Wisps

*****

Metro Exodus

*****

Forza Horizon 4

*****

Tales of Vesperia Definitive Edition

*****

Shadow of the Tomb Raider

*****

Kingdom Hearts III

*****

Devil May Cry 5

*****

Gears of War 5

*****

Jump Force

*****

Cyberpunk 2077

*****

Clique acima para assistir à Xbox E3 2018


Os retrogamers fâs da Sega desejosos de colecionáveis e acessórios customizados para celular estão com sorte, pelo menos no Japão – a Sega Japan anunciou dias atrás vários modelos de capas para iPhone, carregadores de celular e chaveiros belamente inspirados em seus clássicos consoles, à venda por lá:

 

A mesma conta oficial do Twitter divulgou pouco antes uma visita à sede da Microsoft, o que deixou analistas especulando fortemente a respeito das possíveis consequências do encontro. Ainda que possa ser algo trivial, o fato da Microsoft ter revertido as políticas desastrosas do lançamento do Xbox One nos últimos anos – fazendo com que a plataforma voltasse a ser focada em jogos, incluindo a busca por novos títulos exclusivos e mesmo especulações de aquisição de algumas softhouses – coloca o contato entre as duas companhias sob outra perspectiva.

Canais como o RGT85 sugerem que o resultado de um acordo entre ambas possa ir desde a iniciativa Sega Forever  – composta de clássicos 16bit recentemente disponibilizados gratuitamente para mobile – ser lançada também para a plataforma Xbox, passando por possíveis novos jogos exclusivos, até a mais remota hipótese de uma aquisição da Sega pela Microsoft – a qual, ainda que muito difícil de vir a ocorrer, já foi objeto de discussão no passado. Agora é aguardar para ver o que o futuro dessa possível parceria nos reserva.

 


O Xbox One X foi lançado pela Microsoft no Brasil de forma oficial e praticamente simultânea a seu lançamento mundial, inclusive sua edição especial de colecionador intitulada com o codinome que foi apresentado na E3 do ano passado – a Project Scorpion Edition, cujo breve unboxing pode ser apreciado no video abaixo:

A máquina é de fato o console mais poderoso já lançado – cuja GPU é capaz de gerar 6 teraflops de dados gráficos em HDR e  4K nativo, secundada pela CPU de oito núcleos rodando a 2,3GHz de clock, possuindo 12GB de RAM DDR5 e drive de DVD/Blu-Ray 4K – em comparação com o drive de DVD/Blu-Ray padrão, 0s 8GB de RAM DDR5, a CPU de oito núcleo com clock de 2,1GHz e uma GPU capaz de produzir 4,2 teraflops do PS4 Pro, por exemplo.

Fotos do aplicativo Insects tiradas com a mesma câmera e tela de TV (1080p)

Tudo isso em um gabinete elegante de tamanho quase idêntico à versão anterior One S, o que é de fato um incrível feito de engenharia e design dada à eficácia de um dissipador líquido de última geração que o equipa. A imagem chega a ficar um pouco melhor mesmo em TVs FullHD, como pode ser visto nas imagens comparadas acima – agora que venham mais jogos em 4K e exclusivos para que o Xbox One X possa ser aproveitado em todo seu potencial.

Xbox One X Project Scorpio Edition (4)w

Os números indicam os anos de lançamento do Xbox Original, Xbox 360, Kinect, Xbox One e Xbox One X respectivamente


A série Forza Motorsport criada em 2005 exclusivamente para os consoles Xbox, resposta da Microsoft à dominância de Gran Turismo da Sony na plataforma Playstation, apresentou desde sua origem uma mescla própria e única de jogabilidade arcade e simulação em oposição à jogabilidade mais rígida do rival – conquistando desde então corações e mentes dos fãs do tradicional gênero de jogos de corrida.

Doze anos já se passaram desde o primeiro Forza Motorsport (2005) para o Xbox original até o lançamento de Forza 7 (2017) para Xbox One –  cujos gráficos em 4K são plenamente apreciados apenas no recém lançado e superpoderoso Xbox One Xe a qualidade e diversão da série se mantém inalteradas, senão sempre aperfeiçoadas.

A adição da série spin-off Forza Horizon (2013) no Xbox 360 (retrocompatível no Xbox One) combinou uma pegada mais arcade à vastidão da exploração de um mundo aberto, agradando em cheio tanto jogadores hardcore como mais casuais – como atesta o sucesso da última entrada da nova franquia em 2016 com Forza Horizon 3, para Xbox One.

A coleção abaixo apresenta-se completa com todos os títulos originais e spin-offs já lançados nas duas séries e nos três consoles da plataforma Xbox até agora:

*****

Atualização 28/09/18

O recém-lançado Forza Horizon 4 é o mais novo jogo da série, contando com 450+ carros e a novidade da presença das estações do ano que se revezam semanalmente no tempo do jogo, alterando o ambiente e as condições da pista com predomínio de chuva, neve, lama e sol nos ciclos de outono, inverno, primavera e verão. 


Banner

Adicione nosso banner

Translate

Traducir - 번역 - Übersetzen - Traduire - Tradurre - 翻訳する - Přeložit - μεταφράζω - 翻译

Retrogaming:

Game OSTs:

Do quê você é fã?:

Insira seu endereço de email para assinar este blog e receber notificações de novos artigos por email

Junte-se a 559 outros seguidores

Enquete:

Tweets + recentes:

Para ler quadrinhos no PC:

Considero o CDisplay a melhor opção no Windows 2000-XP-Vista-7

Para ler quadrinhos no Android:

O Perfect Viewer é o meu preferido dentre as várias opções no Android

Para ler quadrinhos no Mac:

O Sequential 2 é uma boa opção - testado no MacOS 10.6

Para ler quadrinhos no iPad:

Aguardando apenas a doação de um iPad para testar o Comic Zeal

Para ler quadrinhos no Linux:

No link acima há instruções de instalação e packages para diversos distros

Para ler quadrinhos no Windows Phone:

Não testado mas bem recomendado na app store

%d blogueiros gostam disto: